Ignácio de Loyola Brandão: “Ter um projeto pela frente me obriga estar vivo”

Aos 86 anos, escritor diz na 21ª FIL que vai realizar o primeiro sonho de sua vida: escrever um roteiro para o cinema



Ignácio de Loyola Brandão na FIL

Nunca é tarde para realizar sonhos. Aos 86 anos, Ignácio de Loyola Brandão é prova viva disso. No sábado, dia 27/8, durante a 21ª FIL – Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto, o escritor revelou que foi convidado a escrever um roteiro para o cinema. “Será uma adaptação do meu livro “Dentes ao Sol”. Com isso, vou realizar o primeiro sonho que tive na vida, que é o de escrever para o cinema”, disse. Além deste, outro livro de Loyola deve virar filme pelas mãos do diretor José Eduardo Belmonte (de Alemão).



Ignácio de Loyola Brandão na FIL

E o convite veio ao mesmo tempo em que o escritor descobriu uma diabetes, após apresentar problemas no olho direito. “O médico disse que quase tive um AVC e escapei da cegueira. Mas ao mesmo tempo tenho a oportunidade de realizar um sonho. Ter um projeto pela frente me obriga estar vivo”, disse Loyola na conversa mediada por atriz e pedagoga, Laura Abbad.


Com o tema “O Brasil que mora em mim”, a conferência do escritor fez parte da Sessão Mapa Literário. “Meu primeiro Brasil foi Araraquara, onde descobri a leitura observando meu pai, expressando emoções a cada livro que lia. Aprendi a importância de sonhar, de fantasiar, pelas mãos de minhas professoras Lurdes e Ruth. Fui realizar meus sonhos paulistanos graças ao professor Ulisses, de matemática, que me permitiu sonhar. Meu Brasil são os meus professores”, relembrou.



Ignácio de Loyola Brandão na FIL

Acostumado a percorrer feiras literárias por todo o País, Loyola contou histórias sobre suas passagens de Norte a Sul. Histórias de transformações de vidas por meio da literatura e da educação. “Vivemos um momento angustiante, de repressão à cultura e à educação, mas cada evento, cada feira literária, como a que vocês realizam há anos em Ribeirão Preto, é um movimento de resistência em curso no País”, disse.


Sobre a Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto


A 21ª edição da Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto aconteceu de 20 a 28 de agosto de 2022 e trouxe como proposta de reflexão o tema “Do Caburaí ao Chuí: a força da Literatura Brasileira”. A proposição embasou todas as atividades e debates do evento. A feira consagrou-se como um dos maiores eventos culturais do país: 21 anos de história e 20 edições realizadas. Em 2020, a feira tornou-se internacional e em 2021 realizou sua 20ª edição, pela primeira vez, no formato on-line, devido à pandemia do Coronavírus.

Realização: Ministério do Turismo, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Usina Alta Mogiana, GS Inima Ambient e Fundação do Livro e Leitura apresentam a 21ª Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto (FIL). Patrocínio Diamante: Usina Alta Mogiana e GS Inima Ambient. Patrocínio Ouro: GasBrasiliano e Savegnago. Patrocínio Prata: Passalacqua, Premier Pet, Pedra Agroindustrial, Ribeirãoshopping e Riberfoods, Usina Vertente,Tereos e Vittia. Patrocínio Bronze: Supermercados Gricki, MazaTarraf, Tracan, Santa Helena. Patrocínio: Madeiranit, Usina São Martinho, Tarraf. Instituição Cultural: SESC. Parceria Cultural: Fundação Dom Pedro II – Theatro Pedro II, Alma – Academia Livre de Música e Artes, Biblioteca Sinhá Junqueira, Centro Cultural Palace, Instituto do Livro, CUFA, A Fábrica, IPCCIC – Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais, Teatro Municipal de Ribeirão Preto, AbaCare, Associação de Surdos, CAEERP, FADA, Fundação Panda, Ribdown, SOMAR. Apoio: ACIRP, Base Química , Cenourão, Combustran, DTEK, Durati Distribuidora, Lopes Material Rodante,Molyplast, Mialich supermercados, Santa Emília, Transmogiana,Tonin, Vantage – Geo Agro, ViaBrasil, Coderp, Transerp, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Secretaria de Cultura e Turismo, Secretaria de Educação, Secretaria do Meio Ambiente, Secretaria de Infraestrutura. Apoio Cultural: Convention Bureau, Colégio Marista, Diretoria de Ensino – Região de Ribeirão Preto, ETEC – José Martimiano da Silva, Educandário, SESI, Barão de Mauá, Centro Universitário Moura Lacerda, Unaerp, NW3, Grupo Utam, Monreale Hotéis, Painew, Verbo Nostro Comunicação Planejada e Instituto Unimed.

botao_fixo.png