“O Combinando Palavras me mostrou um novo jeito de ver a minha obra”, disse Luiza Romão

A poeta e escritora conversou com alunos da ETEC Ribeirão Preto e assistiu a diversas interpretações de seu livro “Sangria”, na quarta-feira (24), durante a 21ª FIL – Feira Internacional do Livro



Combinando Palavras com Luiza Romão (Foto: João Thiago)

O Teatro Municipal de Ribeirão Preto recebeu no dia 24/8, a escritora ribeirãopretana Luiza Romão para uma conversa com jovens estudantes da ETEC José Martimiano da Silva, em mais uma sessão do projeto Combinando Palavras na 21ª Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto (FIL). A escritora, atriz e poeta acompanhou as diversas leituras e interpretações realizadas pelos alunos sobre seu livro “Sangria”, que ganhou novas “visões” através da música, teatro, poemas, quadros e, até mesmo, comidas. “Para trazer a questão tratada por Luzia em seu livro usamos o vermelho para a produção de alimentos”, explicou Erika Moura, professora dos cursos de Gastronomia e Nutrição, e orientadora educacional da ETEC, que participa do projeto pela terceira vez.



Combinando Palavras com Luiza Romão (Foto: João Thiago)

Luiza Romão ficou impressionada em ver como os jovens traduziram sua obra para diversas outras artes. “Transformaram a literatura até em artes culinárias. Estou encantada com esse trabalho e em ver que, de alguma forma, meu livro movimentou essa criatividade, junto com os professores”, comentou a escritora.


O professor de história da instituição, Rodrigo Mateus Silva, revelou que o projeto foi inserido na grade curricular e possibilita aos estudantes enxergar a literatura em outros desdobramentos artísticos. “Todo o trabalho de leitura e interpretação do texto de Luiza Romão foi apresentado em diversas outras áreas da arte, ampliando o universo do estudante”, destacou o professor e coordenador do curso de ensino médio da ETEC.



Combinando Palavras com Luiza Romão (Foto: João Thiago)

A aluna de Automação Industrial, Evelyn Rizzato, 17, contou que, ao conhecer a obra de Luiza Romão, pôde ter uma nova interpretação do descobrimento do Brasil. “Neste livro, a Luiza trouxe uma nova interpretação da chegada dos portugueses, que ninguém tinha pensado. E foi uma experiência que abriu os olhos da gente para muitas outras coisas”, disse a estudante.


Rebeca Mesquita, 17, estudante de Administração, enfatizou o processo criativo das interpretações artísticas. “Exigiu muito de nós o processo de ler, interpretar e sentir o que a autora passou ao escrever as suas obras. Essa releitura que fizemos foi libertadora e, ao mesmo tempo, mexeu em alguns gatilhos que possuíamos”, afirmou Rebeca.



Combinando Palavras com Luiza Romão (Foto: João Thiago)

Visitando a FIL desde a primeira edição, Luiza Romão revelou estar emocionada de, agora, ser uma das escritoras homenageadas do Combinando Palavras. “Os escritores produzem suas obras esperando que alguém leia e esse projeto fez muito mais do que isso. Esses estudantes foram além da leitura e me mostraram um novo jeito de ver a minha obra. Só tenho que agradecer por essa manhã. Vou voltar muito energizada”, concluiu a escritora.


O projeto


Combinando Palavras com Luiza Romão (Foto: João Thiago)

Em sua 5ª edição, o projeto educativo faz parte das atividades da Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto. Nesta edição, os autores selecionados para o Combinando Palavras foram Cristiane Sobral, Ryane Leão, Olívio Jekupé, Eliana Alves Cruz, Férrez, Luiza Romão, Daniel Munduruku, Luiz Puntel e Eduardo Spohr. Uma das novidades do projeto foi a participação de alunos da Adevirp - Associação dos Deficientes Visuais de Ribeirão Preto. Desde 2017, em suas quatro edições, o projeto atendeu mais de 30 mil alunos, cerca de 300 professores de 220 escolas de 14 cidades da região de Ribeirão Preto e contou com 29 escritores, que foram lidos e estudados pelos participantes.


Sobre a Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto

A 21ª edição da Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto aconteceu de 20 a 28 de agosto de 2022 e trouxe como proposta de reflexão o tema “Do Caburaí ao Chuí: a força da Literatura Brasileira”. A proposição embasou todas as atividades e debates do evento. A feira consagrou-se como um dos maiores eventos culturais do país: 21 anos de história e 20 edições realizadas. Em 2020, a feira tornou-se internacional e em 2021 realizou sua 20ª edição, pela primeira vez, no formato on-line, devido à pandemia do Coronavírus.

Realização: Ministério do Turismo, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Usina Alta Mogiana, GS Inima Ambient e Fundação do Livro e Leitura apresentam a 21ª Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto (FIL). Patrocínio Diamante: Usina Alta Mogiana e GS Inima Ambient. Patrocínio Ouro: GasBrasiliano e Savegnago. Patrocínio Prata: Passalacqua, Premier Pet, Pedra Agroindustrial, Ribeirãoshopping e Riberfoods, Usina Vertente,Tereos e Vittia. Patrocínio Bronze: Supermercados Gricki, MazaTarraf, Tracan, Santa Helena. Patrocínio: Madeiranit, Usina São Martinho, Tarraf. Instituição Cultural: SESC. Parceria Cultural: Fundação Dom Pedro II – Theatro Pedro II, Alma – Academia Livre de Música e Artes, Biblioteca Sinhá Junqueira, Centro Cultural Palace, Instituto do Livro, CUFA, A Fábrica, IPCCIC – Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais, Teatro Municipal de Ribeirão Preto, AbaCare, Associação de Surdos, CAEERP, FADA, Fundação Panda, Ribdown, SOMAR. Apoio: ACIRP, Base Química , Cenourão, Combustran, DTEK, Durati Distribuidora, Lopes Material Rodante,Molyplast, Mialich supermercados, Santa Emília, Transmogiana,Tonin, Vantage – Geo Agro, ViaBrasil, Coderp, Transerp, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Secretaria de Cultura e Turismo, Secretaria de Educação, Secretaria do Meio Ambiente, Secretaria de Infraestrutura. Apoio Cultural: Convention Bureau, Colégio Marista, Diretoria de Ensino – Região de Ribeirão Preto, ETEC – José Martimiano da Silva, Educandário, SESI, Barão de Mauá, Centro Universitário Moura Lacerda, Unaerp, NW3, Grupo Utam, Monreale Hotéis, Painew, Verbo Nostro Comunicação Planejada e Instituto Unimed.

botao_fixo.png