top of page

“O Combinando Palavras me mostrou um novo jeito de ver a minha obra”, disse Luiza Romão

A poeta e escritora conversou com alunos da ETEC Ribeirão Preto e assistiu a diversas interpretações de seu livro “Sangria”, na quarta-feira (24), durante a 21ª FIL – Feira Internacional do Livro



Combinando Palavras com Luiza Romão (Foto: João Thiago)

O Teatro Municipal de Ribeirão Preto recebeu no dia 24/8, a escritora ribeirãopretana Luiza Romão para uma conversa com jovens estudantes da ETEC José Martimiano da Silva, em mais uma sessão do projeto Combinando Palavras na 21ª Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto (FIL). A escritora, atriz e poeta acompanhou as diversas leituras e interpretações realizadas pelos alunos sobre seu livro “Sangria”, que ganhou novas “visões” através da música, teatro, poemas, quadros e, até mesmo, comidas. “Para trazer a questão tratada por Luzia em seu livro usamos o vermelho para a produção de alimentos”, explicou Erika Moura, professora dos cursos de Gastronomia e Nutrição, e orientadora educacional da ETEC, que participa do projeto pela terceira vez.



Combinando Palavras com Luiza Romão (Foto: João Thiago)

Luiza Romão ficou impressionada em ver como os jovens traduziram sua obra para diversas outras artes. “Transformaram a literatura até em artes culinárias. Estou encantada com esse trabalho e em ver que, de alguma forma, meu livro movimentou essa criatividade, junto com os professores”, comentou a escritora.


O professor de história da instituição, Rodrigo Mateus Silva, revelou que o projeto foi inserido na grade curricular e possibilita aos estudantes enxergar a literatura em outros desdobramentos artísticos. “Todo o trabalho de leitura e interpretação do texto de Luiza Romão foi apresentado em diversas outras áreas da arte, ampliando o universo do estudante”, destacou o professor e coordenador do curso de ensino médio da ETEC.