Programação trouxe DaCota Monteiro com a história "O dragão que queria ser dragão"

Para celebrar a diversidade e a tolerância, a programação da 40tena Cultural apresentou no sábado, dia 5 de junho, a contação de história "O Dragão que Queria Ser Dragão", apresentada pela drag queen, atriz, designer, performer e makeup artist, DaCota Monteiro.



A história retrata os papéis de gênero e como as pessoas, com escolhas diferentes, são expulsas da sociedade em que vivem. O livro marcou a vida de DaCota Monteiro por não abordar, exclusivamente, o respeito e como as pessoas devem ser aceitas. "É uma obra que fala como isso pode afetar o seu bem-estar e que, para conquistar seus direitos, existe ajuda", disse a atriz que trouxe para a atividade uma visão mais intimista sobre a luta da comunidade LGBTQIAP+.


DaCota Monteiro tem mais de 50 mil seguidores em todas as suas redes sociais. Detentora de um humor ácido e político, ela transforma suas discussões em gritos de liberdade e igualdade para a comunidade LGBTQIAP+.


A atividade foi transmitida ao vivo pelas redes sociais da Fundação. Mas, quem quiser conhecer a história do dragão que foi punido pelo reino em que vive por ser diferente dos demais, o link está disponível no início do texto 👆🏻 e também em nosso canal do Youtube.


botao_fixo.png