top of page

“Queremos uma educação para o Brasil sem preconceitos, com tolerância e respeito”, disse Munduruku

Primeiro dia do encontro Combinando Palavras, projeto que faz parte das atividades da 21ª FIL, recebeu estudantes da rede municipal de ensino no Teatro Municipal, em Ribeirão Preto que fizeram uma releitura da obra do escritor infantojuvenil

Combinando Palavras com Daniel Munduruku

Homenagens ao escritor infantojuvenil Daniel Munduruku foram feitas durante o Combinando Palavras, que reuniu cerca de 1.200 alunos da rede municipal de ensino no Teatro Municipal, em Ribeirão Preto, no dia 22/8. O projeto faz parte das atividades da 21ª FIL – Feira Internacional do Livro. A atividade contou com a participação de 10 escolas da cidade e a emoção tomou conta do escritor Daniel Munduruku durante as apresentações dos vídeos, poemas, contação de história e danças indígenas – todas apresentadas pelos estudantes no palco do teatro.



Combinando Palavras com Daniel Munduruku

Munduruku disse que a educação que ele deseja ao Brasil se assemelha à que ele presenciou durante o Combinando Palavras. “Queremos uma educação sem preconceitos, com mais tolerância e respeito. Tudo que estes alunos fizeram aqui hoje é uma demonstração do respeito e carinho que desenvolveram por esses povos indígenas”.


Durante este primeiro semestre, os professores das 10 escolas participantes trabalharam com a obra do autor com os alunos em sala de aula, estimulando dessa forma a leitura e o acesso ao livro. “Nós fizemos um programa para trabalhar com os livros do autor: a cultura e a história dos povos indígenas. Além disso, o projeto teve a importância de mostrar a literatura na prática para esses estudantes”, disse a professora de língua portuguesa da EMEF Antônio Palocci, Elisângela Gusmão.



Combinando Palavras com Daniel Munduruku