Sobrevivendo no Inferno: “Leitura necessária para conhecer o Brasil”

Toni C, publicitário, pesquisador, escritor e roteirista, abriu a Sessão Vestibular da FIL, na Fábrica – Instituto SEB. Terceiro dia da FIL trouxe ainda batalha de som e discussão sobre juventude periférica e lançamento do livro do ex-jogador de futebol Cafu

Sessão Vestibular com Toni C

Um debate sobre a obra “Sobrevivendo no Inferno”, dos Racionais MC’s, abriu a Sessão Vestibular da FIL – Feira Internacional do Livro, na manhã de segunda-feira (22/08), no auditório da Fábrica – Instituto SEB. A programação do dia trouxe ainda o lançamento do livro “A Saga Cafu – O Grande Sonho”, com a presença do ex-jogador de futebol Cafu, bicampeão da Copa do Mundo da FIFA, e a escritora best-seller e jornalista, Mariah Morais.


A atividade Sessão Vestibular com o artista Toni C reuniu jovens estudantes do ensino médio de Ribeirão Preto para uma análise do livro indicado ao vestibular da Unicamp no próximo ano. “Não sei o que levou à escolha do livro para o vestibular, mas sei que a universidade acertou. O Rap, o Hip Hop, a cultura periférica precisam ser uma cátedra na academia. Todo este movimento surgiu para resgatar os verdadeiros heróis do Brasil, como Zumbi dos Palmares e Milton Santos. Antes disso, nos ensinavam que os heróis brasileiros eram os Bandeirantes, era o Borba Gato”, refletiu o artista multimídia, publicitário, pesquisador, escritor e roteirista Toni C, em conversa mediada pelo produtor cultural Elieser Pereira, pelo professor Luiz Cláudio Jubilato e alunos do projeto Nau Vestibular.


Toni C comentou ainda sobre a atualidade do disco lançado em 1997 pelos Racionais MC’s e que deu novo rumo para o Rap nacional, ao escancarar temas ligados a desigualdades sociais, miséria e racismo. “O disco marca uma época que a gente queria deixar para trás, que a gente ouvisse com nostalgia e não como um relato do que ainda ocorre em nosso tempo. A leitura de ‘Sobrevivendo no Inferno’ é necessária para conhecer o Brasil”, finalizou Toni C.


A Sessão Vestibular ainda terá outros três encontros nesta semana, sempre das 9h30 às 11h, na rua Mariana Junqueira, 33, com entrada gratuita. Na quarta-feira (24/08), de forma on-line, Milton Hatoum vai debater com o público a sua obra “Dois Irmãos”. No dia seguinte, será a vez de Bernardo Carvalho abordar seu livro “Nove Noites). Na sexta (26/08), encerrando a programação, Marcelo Gugu vai debater a obra “Angústia”, de Graciliano Ramos.

Batalha de Som


O final de tarde desta segunda-feira teve muita música e poesia no estande Ambient de Leitura, na Esplanada do Theatro Pedro II, que recebeu a Batalha da UBS – Unidade Básica de Som, com o representante da CUFA, MC e poeta, Tiago Spoken. O movimento que surgiu na periferia de Ribeirão Preto com o objetivo de incentivar a juventude do bairro a descobrir e produzir arte. “Ter um espaço desse, destinado à favela, é transformação e acolhimento. É a favela invadindo o asfalto”, comentou.


O Estande da CUFA, na Praça XV de Novembro, recebeu também o bate-papo “Juventude Periférica”, com a participação de Fábio Sardinha, Elieser Pereira e Tadeu Terra. A mediação foi do locutor, Rafa Santana. “Foi uma luta do nosso presidente, que infelizmente veio a falecer. E esse espaço é de muita importância, estamos dando voz para quem não tinha”, destacou.


A Saga Cafu



Cafu na FIL

O estande da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto recebeu fãs do bicampeão da Copa do Mundo da FIFA Cafu para fotos e assinatura do seu novo livro “A Saga Cafu – O Grande Sonho”, escrito pela jornalista, Mariah Morais. Esta é a primeira parte da vida de Marcos Evangelista, que retrata as diversas tentativas de ingressar no futebol profissional e o seu primeiro contrato profissional com o São Paulo. A sequência do livro será lançada em 2023, continuando a descrição da história do ex-jogador. “Quero que meu livro seja para todos. Que eles se sintam inspirados com minha história”, comentou Cafu.


Cafu na FIL

Sobre a Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto


A 21ª edição da Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto aconteceu de 20 a 28 de agosto de 2022 e trouxe como proposta de reflexão o tema “Do Caburaí ao Chuí: a força da Literatura Brasileira”. A proposição embasou todas as atividades e debates do evento. A feira consagrou-se como um dos maiores eventos culturais do país: 21 anos de história e 20 edições realizadas. Em 2020, a feira tornou-se internacional e em 2021 realizou sua 20ª edição, pela primeira vez, no formato on-line, devido à pandemia do Coronavírus.

Realização: Ministério do Turismo, Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Usina Alta Mogiana, GS Inima Ambient e Fundação do Livro e Leitura apresentam a 21ª Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto (FIL). Patrocínio Diamante: Usina Alta Mogiana e GS Inima Ambient. Patrocínio Ouro: GasBrasiliano e Savegnago. Patrocínio Prata: Passalacqua, Premier Pet, Pedra Agroindustrial, Ribeirãoshopping e Riberfoods, Usina Vertente,Tereos e Vittia. Patrocínio Bronze: Supermercados Gricki, MazaTarraf, Tracan, Santa Helena. Patrocínio: Madeiranit, Usina São Martinho, Tarraf. Instituição Cultural: SESC. Parceria Cultural: Fundação Dom Pedro II – Theatro Pedro II, Alma – Academia Livre de Música e Artes, Biblioteca Sinhá Junqueira, Centro Cultural Palace, Instituto do Livro, CUFA, A Fábrica, IPCCIC – Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais, Teatro Municipal de Ribeirão Preto, AbaCare, Associação de Surdos, CAEERP, FADA, Fundação Panda, Ribdown, SOMAR. Apoio: ACIRP, Base Química , Cenourão, Combustran, DTEK, Durati Distribuidora, Lopes Material Rodante,Molyplast, Mialich supermercados, Santa Emília, Transmogiana,Tonin, Vantage – Geo Agro, ViaBrasil, Coderp, Transerp, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Secretaria de Cultura e Turismo, Secretaria de Educação, Secretaria do Meio Ambiente, Secretaria de Infraestrutura. Apoio Cultural: Convention Bureau, Colégio Marista, Diretoria de Ensino – Região de Ribeirão Preto, ETEC – José Martimiano da Silva, Educandário, SESI, Barão de Mauá, Centro Universitário Moura Lacerda, Unaerp, NW3, Grupo Utam, Monreale Hotéis, Painew, Verbo Nostro Comunicação Planejada e Instituto Unimed.

botao_fixo.png