top of page

Cine Fórum exibe “A noiva estava de preto”


A segunda sessão do ano do Cine Fórum aconteceu no dia 11 de fevereiro (sábado), na sede da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto. Nesta edição, os Gêmeos do Cinema, Marcos e André de Castro, escolheram o filme “A noiva estava de preto”, de 1968, dirigido pelo cineasta francês, François Truffaut.


O longa é uma homenagem de François Truffaut ao diretor inglês Alfred Hitchcock, o mestre do suspense. O filme conta a história de Julie Kohler, que tem seu marido assassinado em seus braços, nos degraus da igreja, logo após o seu casamento. A partir desse ponto ela sai em busca dos responsáveis, encontrando os cinco culpados e começando um jogo de sedução e perseguição para se vingar. O filme é baseado no livro de mesmo nome, do escritor estadunidense Cornell Woolrich, publicado em 1940, e foi indicado ao Prêmio Globo de Ouro como melhor filme estrangeiro e ao Prêmio Edgar como melhor roteiro.


Cada um pode ser um crítico de cinema

Crítica de cinema é algo plural e diversificado, em que cada pessoa pode ter uma opinião sobre determinado filme. É com essa ideia que o projeto Cine Fórum oferece a oportunidade de assistir aos clássicos do cinema, com direito a um debate e várias discussões. “Todo filme é um grande entretenimento. Mas, certas obras quando acabam, é impossível ficar sem expor a visão de cada um sobre o filme. É isso que proporcionamos: transformar todos em críticos de cinema. Queremos ouvir opiniões e sensações que o filme transmite”, alerta Marcos de Castro.

Comments


botao_fixo.png
bottom of page