bolinhas_laranja.png

PUBLICAÇÕES

A Fundação do Livro e Leitura desenvolve publicações que constituem projetos especiais e agregam profissionais de diferentes ramos do conhecimento. São projetos que se iniciam por pesquisas, entrevistas jornalísticas ou históricas, bem como outros de cunho estritamente literário e criativo. Conheça alguns deles.

bolinhas_branco_preto.png

livros publicados

Água Nossa de Cada Dia

Lançamento do livro “Água Nossa de Cada Dia” (1).png

A água impulsiona desenvolvimento, economias e culturas. Ela é a promessa de vida e a garantia da permanência da humanidade no nosso planeta. Despertar o olhar para a magnitude da água e para a potência que ela representa para a humanidade é a certeza de que é possível sim reinventar o curso de uma história que caminha para a crise hídrica.


O livro "Água Nossa de Cada Dia", produzido e realizado pela Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, em parceria com a GS Inima Ambient, tem como enfoque mesclar fotografias, poemas, crônicas e contos com a temática da Água

.
A partir da curadoria das fotos de Paulo Henrique Oliveira e
de Dulce Neves, por meio da escrita de Adriana Silva,
escritora e jornalista responsável pelo texto e poesia gráfica do livro, fotógrafos do mundo inteiro tiveram a oportunidade de ver suas fotografias virando poemas, crônicas e contos.


São eles: Alexandre Marchetti, Alex Pazuello, Amdad Hossain, Cristiano Xavier, Enrico Marone, Érico Hiller, Jae Woon U, Joan Carol, Livia Rebehy, Luciano Candisani, Marcos Amend,Margi Moss, Renato Soares, Ricardo Feres, Sátiro Sodré, Sté Frateschi e Yousuf Tushar.

Sem pedir licença.png

Sem pedir Licença
A Modernidade invade os cafezais

Nessa obra, derivada da coleção "Café com Açúcar", as autoras buscaram identificar os filhos dos encontros e desencontros da história. O século XX nascia sem nome, sem identidade definida. Respirava os ares do turbilhão formado no útero que foi gerado, sob a égide da transformação dos costumes. Tudo que era sólido, certo e conhecido parecia se alterar. É esse movimento social, econômico e cultural que segue narrado em artigos temáticos sobre uma época que fez de tudo para ser chamada de moderna.

Mockup - histórias de vida.png

Histórias de Vida
homens e mulheres que marcaram seu tempo

Enaltecer o trabalho de homens e mulheres que foram importantes para a nossa história. Garantir que as futuras gerações possam reconhecer os feitos de grandes personagens em várias áreas: educação, cultura, economia, comunicação, solidariedade, desenvolvimento, política... A história do nordeste paulista que interferiu na realidade da região, do estado e do Brasil.

Organização: Adriana Silva

LIVRO Mistérios da Casa de Cravo e Canela-1.png

Mistérios da Casa de Cravo e Canela

"Uma casa no alto da montanha cheirando a cravo e canela. Um visitante chega e percebe que a casa é habitada por seus móveis e decorações falantes onde nos ensinam como: acolher, aconchegar, cuidar e deixar livre o novo, o inesperado e o necessitado."

 

O objetivo do livro é desenvolver a criatividade e a fantasia da criança, ensinando a acolher, aconchegar e compreender o recém chegado, o novo e o diferente.

Autora: Míriam Delefrates Guedes

incubadora.png

Incubadora Cultural - 2020, e agora?

A nova edição da publicação INCUBADORA CULTURAL chega ao público em formatos impresso e digital, distribuídos gratuitamente, com o tema de “2020. E agora?”, reunindo visões sob diferentes ângulos de um ano, ainda em pleno andamento e totalmente atípico, que paralisou tudo e colocou o mundo numa encruzilhada sem apontar uma direção segura para seguir. 
O projeto, que nasceu da iniciativa do professor Camilo André Mércio Xavier, da Faculdade de Medicina da USP, câmpus Ribeirão Preto, em parceria com a Escola Estadual Otoniel Mota, agora conta com adesão de mais 8 escolas da cidade. 
Dessa forma, a publicação vem cumprindo a finalidade de, além de disseminar conhecimentos, dar acolhimento à imaginação e criatividade de jovens e talentosos escritores e artistas plásticos. O livro reúne diversidade de pontos de vista dos alunos, que apresentam um trabalho com muita sensibilidade e originalidade, produzidos com muito cuidado, resultando em textos e artes de alta qualidade. O livro traz ainda depoimento de professores das escolas que colaboram para que esses trabalhos pudessem ser publicados e mais 8 ensaios acadêmicos de relevância pedagógica.
Além de Camilo André Mercio Xavier, participam como organizadores do projeto Incubadora Cultural Heloisa Martins Alves e Filomena Elaine Paiva Assolini.

20horas.png

20 palavras. Leituras sobre o Agora

O e-book “20 palavras. Leituras sobre o Agora” traz o debate sobre 20 palavras significativas que norteiam a abordagem de 20 autores participantes do evento “20 Horas de Literatura”, evento realizado de 14 a 18 de novembro, das 18h às 22h, com transmissão online e ao vivo, direto do palco do Theatro Pedro II, em Ribeirão Preto (SP), cidade sede da Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto.
O livro foi produzido para eternizar as celebrações dos 20 anos da Feira Internacional do Livro (FIL), que teria a sua 20ª edição em 2020, mas foi remarcada para 2021, em função da pandemia do Coronavírus. A obra conta com apoio cultural do Sesc SP - instituição parceira da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto na realização da FIL.
Organizado por Adriana Silva, presidente interina da Fundação do Livro e Leitura e curadora da FIL, e pelas pesquisadoras Lilian Rosa e Sandra R. Molina, o livro conta com prefácio de Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc em São Paulo e introdução produzida pela jornalista Dulce Neves. 
O e-book reúne textos dos autores convidados com o intuito de reforçar o diálogo e pensamentos sobre as palavras mais impactantes nas últimas duas décadas. São elas: globalização governança identidade, corrupção, humanização, empoderamento, terrorismo cidadania, refugiados, intolerância, democracia, disruptura, sustentabilidade, resiliência, protagonismo, empatia, googlar, fake news, selfie e agenda.

OTONIEL.png

Memórias de uma Escola: 110 anos do Otoniel Mota

Em março de 2017, a Escola Estadual Otoniel Mota completou 110 anos de existência. Para comemorar a data especial da escola, considerada a mais tradicional da rede pública de ensino de Ribeirão Preto, a Fundação do Livro e Leitura, através do patrocínio da Usina Alta Mogiana, lançou o livro “Memórias de uma Escola: 110 anos do Otoniel Mota”. A obra reúne diversas crônicas produzidas a partir das memórias compartilhadas de 78 entrevistados. O evento de lançamento da publicação, realizado pelo IPCCIC (Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais), aconteceu na Sala dos Espelhos do Theatro Pedro II. A versão online do livro está disponível aqui.

1ª edição

2ª edição

Café com Açúcar

Com primeira edição lançada em maio de 2018, durante a Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto, o livro “Café com Açúcar” foi idealizado por três mulheres, amigas e escritoras que compartilham de um hábito em comum: se unirem para tomar café. E foi a partir dessas “reuniões” que surgiu a ideia do livro “Café com Açúcar”, duas obras que reúnem textos que percorrem as histórias de duas plantas: café e cana-de-açúcar e suas relações com a vida cultural, econômica e social do Brasil.

A partir da história, as autoras:  Adriana Silva, Lilian Rodrigues de Oliveira Rosa e Sandra R. Molina – jogam luzes nos personagens. Dos Reis do Café, aos líderes do Proálcool, com paradas para narrativas sobre o cotidiano nas fazendas e nas usinas, as obras humanizam um importante trajeto da história do Brasil.

“Café com Açúcar” traz histórias de escravidão, de política e de trabalho. A obra relata também histórias de personagens e suas curiosidades, inclusive a atuação da mulher no setor cafeicultor. O livro teve versão reeditada em 2022.

Livro QAFDM.jpg

Quando as Flautas Descem as Montanhas

Você já ouviu falar em Áfora? O conto Quando as flautas descem as montanhas vai te levar até lá. Entre piados, cipós e montanhas, você vai conhecer os Kardiás, suas casas de barro e capim, e o povo Koinô, das terras das cachoeiras. E personagens como o líder Khoi-san, o avô; a misteriosa avó Zuri; e o jovem Malowi, acompanhado por seu cachorro Gadô, seu macaco Babu e o casal de elefantes Shikoba e Shaka, vão viver a fartura, a fome, a guerra, as aventuras, as travessias, diversos enfrentamentos e os cultivos. A memória dessas tradições será resgatada com cuidado, numa pena do pássaro Kiazul, a mesma que escreveu esta emocionante história! Música, movimento e ritmo, tudo junto, contados aqui pelas palavras de Miriam Guedes e pelas imagens de Rogério Coelho, com suas penas mágicas e poéticas, cheias de sensibilidade. Esta narrativa cheia de mistério te espera!

botao_fixo.png